tuberculose (TB) é uma doença curável,porém os esforços atuais para encontrar,tratar e curar todos os que ficam doentes não são suficientes. Das nove milhões depessoas por ano que ficam doentes com TB, um terço delas são “perdidos” pelossistemas de saúdeMuitas destas trêsmilhões de pessoas vivem nas comunidadesmais pobres e mais vulneráveis do mundo, ​​ou estão entre as populações marginalizadas como os trabalhadores migrantes, refugiados e pessoas deslocadas internamente, como a população carcerária, povos indígenas, minorias étnicas e usuários de drogas.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a iniciativa parceira da OMS – Stop TB estãojuntamente promovendo o Dia Mundial da Tuberculose em 24 de março. O Dia Mundial da Tuberculose oferece a oportunidade paraas pessoas afetadas e as comunidades emque vivemos governos, as organizações da sociedade civil, os profissionais de saúde e parceiros internacionais para pedir medidas suplementares para alcançar estes 3 milhõesde pessoas. Todos os parceiros podem ajudar a apoiar abordagens inovadoras para garantirque todos os que sofrem de tuberculosetenham acesso ao diagnóstico, tratamento e cura da tuberculose.

A cada ano, o Dia Mundial da Tuberculose é celebrado, muitas vezes com uma variedade de atividades que antecederam a data oficial. Este evento anual comemora a data em 1882 quando o Dr. Robert Koch anunciou a descoberta do Mycobacterium tuberculosis, o bacilo que causa a TB.

Este ano o Centers for Disease Control and Prevention dos Estados Unidos (CDC) selecionou o tema “Encontre TB. Trate a TB. Trabalhar em conjunto para eliminar a TB”, para destacar que a tuberculose ainda é um problema que ameaça a vida nos Estados Unidos, apesar da diminuição do número de casos. Qualquer pessoa pode contrair TB, e os esforços atuais das autoridades sanitárias para encontrar e tratar a infecção de TB latente e a TB propriamente dita não são suficientes. Ainda existem diagnósticos errados da TB e os profissionais de saúde muitas vezes não “pensam TB”.

Neste Dia Mundial da Tuberculose a campanha apela para uma maior colaboração para encontrar e tratar a TB. Ao trabalhar em conjunto para aumentar a conscientização de que a TB ainda existe e partilhar as histórias pessoais das pessoas afetadas pela TB, é possível chamar a atenção para este problema de saúde pública.

O tema do Dia Mundial da Tuberculose deste ano incentiva programas de TB locais e estaduais para chegar às comunidades e aumentar a conscientização sobre a tuberculose. Para maior enfrentamento da doença, é necessário compartilhar com outras pessoas que também estão cuidando para que aqueles sujeitos à maior risco para a TB, como as pessoas com infecção pelo HIV ou diabetes, e os sem-teto. Todos tem um papel na garantia de que um dia a tuberculose será eliminada. O CDC e nossos parceiros estão comprometidos com um mundo livre de TB.

O ônus da tuberculose

O Dia Mundial da Tuberculose é uma oportunidade de aumentar a conscientização sobre o ônus de TB em todo o mundo e o status dos esforços em prevenção e controle da TB. O Dia é também uma ocasião para mobilizar o comprometimento político e social para progresso das iniciativas.

Os progressos em direção a metas globais para a redução dos casos de tuberculose e de mortes nos últimos anos tem sido impressionante: a mortalidade por tuberculose caiu mais de 45% em todo o mundo desde 1990, e a incidência está em declínio. Novas ferramentas, tais como diagnósticos rápidos para TB estão ajudando a transformar a resposta à doença e novos medicamentos que salvam vidas estão sendo introduzidas.

Entretanto, a carga global permanece enorme e desafios significativos persistem:

  • • Em 2012, havia cerca de 8,6 milhões de novos casos de TB e 1,3 milhões de pessoas morreram de TB.
  • • Mais de 95 % das mortes por TB ocorrem em países de baixa e média renda. As comunidades pobres e grupos vulneráveis ​​são as mais afetadas, mas esta doença transmitida pelo ar é um risco para todos.
  • • TB está entre as três principais causas de morte de mulheres entre 15 e 44 anos.
  • • Em 2012 estima-se que houve 500 mil novos casos e 74 mil mortes entre crianças.

Desafios

  • • Cerca de três milhões de pessoas (o equivalente a 1 em cada 3 acometidos com TB) não são detectados pelos sistemas de saúde
  • • Os avanços em enfrentar TB resistente a múltiplas drogas (TB-RMD) tem sido lentos: 75% dos casos de TB-RMD ainda permanecem sem diagnóstico, e 16 mil casos de TB-RMD reportados à OMS em 2012 não foram tratados.
  • • A disponibilização de terapia antiretroviral (ART) para pacientes com TB que sabidamente tem HIV deve aumentar para atender às recomendações de que todos os pacientes de TB soropositivos para HIV recebam prontamente ART.

 

Fontes: Campanha da OMS e página do CDC sobre o Dia Mundial da Tuberculose 2014

 

Fontes de informação sobre o tema

BIREME/OPAS/OMS recomenda o acesso a documentos e fontes de informação científica e técnica na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) relacionada à TB, com foco no tema deste ano do Dia Mundial da Tuberculose, “Encontre TB. Trate a TB. Trabalhar em conjunto para eliminar a TB”.

Iniciativa da OPAS para comemorar o Dia Mundial da Tuberculose

Terá lugar na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) em 21 de março de 2014 das 14h às 16h (horário de Washington, D.C., e das 15h às 17h, horário de Brasília) apresentações, debates e relatos de experiências de países sobre a luta contra a tuberculose, com a presença da Diretora da Organização, Dra. Carissa Etienne e especialistas.

O evento, que terá transmissão online ao vivo em inglês e espanhol tem por objetivo conscientizar sobre a doença e sua ocorrência, principalmente nos grandes centros urbanos, onde o disgnóstico impreciso pode retardar o disgnóstico e tratamento, colocando em risco as populações mais vulneráveis.

Acesse a agenda do evento (em espanhol) e acompanhe a transmissão.

 

Fonte: http://www.paho.org/bireme/index.php?option=com_content&view=article&id=233%3Adia-mundial-da-tuberculose-2014-tem-como-slogan-qalcance-os-tres-milhoesq&catid=15%3Aops-wdc&Itemid=73&lang=pt

 

Anúncios
Publicado por: FELIPE IASI | março 24, 2014

Revista Claudia lança campanha publicitária com novo slogan

“Independente sem deixar de ser mulher” é a nova assinatura da publicação, que estreou campanha nacional em 01 de maio

Revista Claudia lança campanha publicitária com novo slogan

A Revista Claudia, uma das maiores revistas femininas do Brasil, com circulação de 390 mil exemplares mensais, estreou campanha de mídia com nova assinatura para reforçar a comunicação e a aproximação com seu público-alvo, as mulheres. “Independente sem deixar de ser mulher” é o slogan da campanha, que recebeu um investimento de R$ 4,7 milhões e teve lançamento nacional programado para 1º de maio.

A campanha, criada pela agência Leo Burnett, contempla filme para TV aberta e fechada, mídia impressa, além de materiais em pontos-de-venda. Com 44 anos, a Revista Claudia pretende comunicar ao mercado publicitário que mantém a liderança do segmento em número de leitoras, segundo dados da Marplan (consolidados de 2004). Claudia é a revista que está ao lado da mulher em todos os desafios do seu dia-a-dia: família, carreira, beleza, moda, qualidade de vida. A revista fala com a mulher que consegue realizar todas as suas tarefas e ainda mantém a independência sem abrir mão do seu lado feminino.

A diretora da Unidade de Negócios Consumo e Comportamento da Editora Abril, Elda Muller, ressalta outro ponto fundamental em relação à prestação de serviços oferecida pela Revista Claudia. A publicação propõe novas soluções para os problemas e, principalmente, desperta a curiosidade feminina, estimulando a visão do seu papel no mundo. “Claudia tem a maior variedade de assuntos relevantes para a mulher de hoje. Alguém que olha o mundo, se reconhece e expressa essa atitude diante da vida”, afirma Elda. Intitulado “Palmito”, o filme publicitário, com 30 segundos de duração, marca o lançamento da campanha com veiculação durante o intervalo do Fantástico (TV Globo) e prossegue até julho de 2005. O roteiro mostra uma mulher preparando uma salada, e ao abrir a lata de palmito sozinha, olha para o marido e, logo em seguida, fecha o pote e pede para ele abrir como se ela não tivesse conseguido fazê-lo, uma demonstração que pode ser independente e feminina ao mesmo tempo.

Para a mídia impressa foram desenvolvidos quatro anúncios diferentes, intitulados “Poucas revistas têm tanta intimidade com as mulheres”, que serão publicados nas principais revistas da Editora Abril, como Nova, Elle, Estilo, Boa Forma, Manequim, Bons Fluídos, Saúde, Vida Simples, Contigo! Viagem e Turismo e Casa Claudia. As peças mostram diversos perfis de mulheres lendo a Revista Claudia em momentos que demonstram uma grande intimidade entre a leitora e a publicação.

A agência produziu diferentes peças para comunicar ao trade. Serão duas campanhas, publicadas no Meio e Mensagem e Propaganda e Marketing, cujo tema principal é mostrar ao mercado que Claudia é a principal revista feminina do País para anunciar produtos às mulheres.
Para ampliar a comunicação e atingir os distribuidores nas maiores praças de circulação da revista, a marca desenvolveu uma ação de divulgação regional, que contará com a visita em diferentes estados da diretora de redação Marcia Neder, a gerente de Marketing Simone de Sousa e dos gerentes de canais Geraldo Campos e Marcia Perin. Além disso, outras 50 maiores praças receberão móbiles, display de balcão, totens, reprinte e cartazes.
 
Durante as visitas locais, Marcia Neder participará de programas de entrevistas voltados ao público feminino para falar sobre a Revista Claudia e sobre a mulher em geral. “A mulher de hoje possui um papel fundamental na sociedade e a Revista Claudia está inserida na vida delas”, explica a jornalista.
 
A ação também contempla encontros com jornaleiros e vendedores de assinaturas, públicos estratégicos para a publicação, para os quais a diretora de redação levará sua experiência em editar a mais importante revista feminina do País. A jornalista reforçará a relevância da publicação para o público feminino. Neste primeiro semestre a ação percorre onze praças, passando por Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Recife, Campinas, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro

Fonte: http://portaldacomunicacao.uol.com.br/graficas-livros/noticias/artigo195458-1.asp 

Publicado por: FELIPE IASI | junho 1, 2008

Faça o teste!

  Vale lembrar que um bom slogan é aquele que fica na memória do consumidor, porém que o faça lembrar sempre de qual produto este é associado. Muitos slogans são geniais e não são esquecidos nunca, mas quando o produto é colocado em questão a dúvida surge rapidamente.

   Achei em um site da revista ” ISTO É ” que muitos slogans incorporados ao nosso dia dia são esquecidos, assim eles propuseram um teste para descobrir quais slogans realmente são lembrados.

  Acho que como fim de semestre todos deveriam fazê-lo e assim cada um irá testar seus ” conhecimentos” a respeito do tema do meu blog: SLOGAN

Aqui está o site: FAÇA O TESTE : http://www.terra.com.br/istoedinheiro/quiz/publicidade/slogan/

Publicado por: FELIPE IASI | maio 27, 2008

Blog, 4 meses de mudanças

Estudo na FAAP,  faço o curso de publicidade propaganda. No começo deste semestre foi proposto pelo professor Eric Messa , de NTC ( novas tecnologias da comunicação) a criação de um blog e que com o passar da semana era proposto uma atividade da semana, e a desta semana é comentar como foram esses quatro meses postando toda semana pelomenos duas vezes.

Realmente foi uma atividade legal e divertida, pois começamos a utilizar um meio nao utilizado antes por mim o Blog, que me deixou muito mais informado e critico. Mas mais que isso aprendemos a mexer em uma ferramente que é muito explorada na area de comunicação.

O blog é uma ferramenta muito interessante para qualquer profissão, pois é um jeito de colocar suas ideias, suas criticas e mostrar um pouco mais para as pessoas como vc é, e com o passar desses quarto meses posso falar que meu conhecimento só tem aumentado e me ajudado a seguir em frente pesquisando e tendo novas ideias.

Publicado por: FELIPE IASI | maio 24, 2008

Beef Jerky, ja ouviu falar?

Beff Jerky é um um sucesso nos Estados Unidos e acaba de chegar ao Brasil. São pedacinhos de carne bovina cozida , curada, desidratada e temperada e nos sabores tradicional e apimentado.Nos Estados unidos vem sendo utilizado como aperitivo junto a bebidas alcolicas. No mês de junho será lançado um anúncio na revista viver bem onde  reforça  seu lançamento no mercado. Já está disponivel em supermercados e estabelicimentos. O slogan do anúncio é muito interessante onde aguça a curiosidade dos consumidores ,”Para sua casa seja apenas mais um detalhe.Mas para seu paladar : uma reforma completa” . Estou louco para experimentar essa novidade, vamos ver se é bom mesmo!.

Publicado por: FELIPE IASI | maio 24, 2008

Blogs em São Paulo

   Domingo passado, dia 18 de maio o jornal ” O Estado de São Paulo” publicou uma matéria falando sobre a influência de blogs na cidade de São Paulo . É muito interessante ver como as notícias correm em uma cidade tão grande. Eventos musicais, a virada cultural, restaurantes, dicas da noite de São Paulo, tudo isso vc encontra em blogs dando dicas, opiniões e informações sobre a cidade. Isso ajuda a mudar a percepção que temos dessa grande metrópole( São Paulo), mas que é limitada, ou seja , conheçemos o ” quintal ” de nossas casas. Com os blogs ficamos cada vez mais informado com o que acontece em tempo real.

   Um grupo de jovens paulistanos, estudantes, criou um blog que fala sobre a cidade, e no começo com 5 moderadores, hoje em dia com 12, com o intuito de  democratizar a informação, hoje o blog tem, mais de 2500 posts. No terremoto recente acontecido na cidade os moderadores colocaram fotos e em menos de 1 hora já haviam mais de 120 posts comentando o assunto. É um jeito de cobrar as autoridades por melhoras a cidade, e também aproxima cada vez mais interessados no mesmo assunto à nossa grande cidade de São Paulo.

Publicado por: FELIPE IASI | maio 11, 2008

A mídia tem influência sob você????

   A mídia junto a propaganda muitas vezes transmite ao espectador ilusões que acabam se tornando sonhos, vontades, desejos e oportunidades de ser extremamente feliz e perfeito. Parece que o poder aquisitivo, a boa forma , a estética padronizada são artifícios para o ser humano se sentir incluido em um certo grupo ou até mesmo na sociedade.

   Porém com a influência da mídia, na qual não transforma jovens e ser humanos em geral em ralistas, não os deixam plenamente conscientes do quanto são manipulados. Vale lembrar que nós grandes publicitários temos o intuito de capturar a vontade do consumidor, criando assim uma falsa identidade neste ser humano e operar no desejo e no inconsciente deste.

   Sim, não ha de maneira alguma liberdade de escolha! A mídia transforma a manipulação em Regra. Mas ainda assim vale lembrar que minha crítica vai para jovens, que usam este desejo compulsivo por compras e aquisições pelo oque é anunciado, de maneira errada, usam como um meio para incluir-se em um grupo.  Todos nós devemos ter idéias próprias, sem ser pré-fabricada na televisão!

 Este documentário é ótimo para falar deste assunto, é muito bom!

Publicado por: FELIPE IASI | abril 29, 2008

Como fica a Publicidade meio as novas tecnologias?

     Os ultimos “posts” comentei dos avanços tecnológicos e novos programas de computador, mas como a publicidade reage a essa evolução?. Como ja falado esse avanço tecnológico encurta fronteiras, ou seja tudo tende a ficar mais rapido, as agências trabalham mais rapido, se comunicam com o mundo mais rapido. Com progrmas como Twitter, TwitterVision, TwitterMap,FEED, a publicidade ganha muito com isso pois está mais perto de todo mundo, e estando mais perto é mais facil saber costumes, habitos, ver o que está na moda , na cabeça das pessoas, o que pensam, sentem, fazem.

 

Publicado por: FELIPE IASI | abril 29, 2008

TwitterVision e twitterMap o que são?

     A tecnologia como temos visto avança cada vez mais e esses dois programas são mais uma prova de como o mundo está cada vez mais acelerado. O TwitterVision é uma rede internacional, uma representação grafica que é atualizada em tempo real de acordo com as mensagens do Twitter. O TwitterMap é o mapa que vc da a sua localização e ele ti localiza no mapa.Esses dois programas cada vez mais encurtando fornteiras entre as pessoas, cada vez mais o mundo se acelera e essas tecnologias ao meu ver facilitam nossa vida, abrindo espaço de tempo para coisas que antes nao poderiamos fazer, mais com o agrupamento de funções o ser humano consegue fazer muito mais coisas e obter cada vez mais sucesso.

Publicado por: FELIPE IASI | abril 29, 2008

FEED,RSS,IGoogle, NetVibes, para que servem esatas ferramentas?

    Novas tecnologias estão sempre aparecendo, e é bom sempre estarmos atualizados. FEEDS ou RSS, é como uma página na internet em que você recebe notícias e atualizações de sites sem entrar precisamente no site. IGoogle seria uma página personalizada do google que você acidiona cores e imagens, fotos, orkut , e NetVibes um site onde você tem informações de tempo, agenda, calenário, podendo programar toda a sua semana. Essas tecnologias chegam para cada vez mais facilitar nossas vidas, e a tendência é que as informações ficam cada vez mais agrupadas, tornando o leitor completamente carregado de informações.  

     Todas essas combinações tecnológicas geram um leitor imersivo,que segundo Lucia Santella é o leitor da era digital, este orienta sua própria leitura podendo programar-se mais facilmente, isto faz com que haja uma enorme interatividade do leitor com o meio, porém não o permite ter uma vasta opinião sobre as informações, pois estas são vistas de maneira ” rápida” , supérfula.  

Older Posts »

Categorias